Buscar
  • À Sua Saúde

Novo Tratamento Inovador para Tremor Essencial e Doença de Parkinson:



Pesquisadores da Universidade de Drexel, na Filadélfia, estão revelando uma nova maneira de tratar tremores em pessoas com doença de Parkinson. Uma terapia que envolve tratamento por ultrassom, em vez dos métodos tradicionais de cirurgia.


O tratamento será apresentado oficialmente na reunião anual da Sociedade Radiológica da América do Norte em Chicago.


O método envolve raios focados de energia sonora usados para aquecer e destruir uma pequena parte da estrutura no cérebro chamada tálamo.


A tecnologia usada é o ultrassom guiado por ressonância magnética.


Os médicos tradicionalmente tratam pessoas com doença de Parkinson e tremor essencial, conectando cirurgicamente um pequeno eletrodo no cérebro conectado a um gerador de pulso implantado no peito como um marcapasso.


Há muitas vantagens em usar o ultrassom.



O ultrassom elimina os riscos inerentes à cirurgia, que incluem possível infecção, sangramento e risco elevado de acidente vascular cerebral.


O tempo de internação é menor. O tratamento é "um procedimento razoavelmente bem tolerado, mesmo pelos pacientes mais frágeis", disse o Federico Bruno, principal autor do estudo e radiologista do departamento de ciências clínicas biotecnológicas e aplicadas da Universidade de L'Aquila, na Itália.


A equipe do doutor Bruno estudou 39 pessoas com idade média de 64 anos.


Todos os participantes do estudo apresentaram tremores incapacitantes por pelo menos 10 anos que não responderam ao tratamento tradicional.


Dezoito dos participantes tiveram distúrbio de tremor essencial, enquanto 21 participantes tiveram a doença de Parkinson.


Os pesquisadores relataram que 37 dos 39 participantes experimentaram uma redução substancial e imediata de seus tremores.



Uma avaliação de acompanhamento ao longo do ano seguinte mostrou uma melhora substancial nos dois grupos.


"É um tratamento de sessão única, geralmente realizado em nível ambulatorial", disse Maurice R. Ferre, MD, presidente e CEO da INSIGHTEC, criadora do aparelho de ultrassom usado no estudo. “Existem muito poucos momentos comemorativos em um ambiente hospitalar. Este é um deles."


Ferre também disse que os benefícios são numerosos.


"Imediatamente após o tratamento com ultrassom focado, muitos pacientes com tremores essenciais são capazes de assinar seu nome pela primeira vez em anos", disse ele. "Os participantes do nosso estudo clínico demonstraram uma melhoria de 76,5% na gravidade do tremor no seguimento de três anos, e 74% dos efeitos adversos relatados foram leves e o restante moderado".


Os cientistas afirmam que o ultrassom também ajuda os médicos, na medida em que obtém resultados rapidamente.



"O ultrassom focado pode produzir efeitos imediatos", disse ele. "A resposta é imediata e você pode garantir que a resposta seja eficaz."


Os médicos dizem que o procedimento inicialmente será caro, pois a disponibilidade será limitada.


Atualmente existem cerca de 50 centros em todo o mundo usando ultrassom focado em pessoas com tremor de tremor essencial e Parkinson, incluindo 16 nos Estados Unidos.


"É uma terapia importante, e é importante para os hospitais conseguirem isso", disseram os pesquisadores. "É caro, mas esse problema é extremamente comum. Isso afeta tantas pessoas. Precisamos que os hospitais saibam disso porque é um ótimo investimento. Não é apenas algo que deve ser feito em algumas instalações especializadas. "


Para mais informações converse com o seu médico.


Fonte:HealthLine.

27 visualizações

(21) 2511-1101

©2019 por À Sua Saúde. Orgulhosamente criado com Wix.com