Buscar
  • À Sua Saúde

Consumo de Café Associado à Melhora da Sobrevida em Pacientes com Câncer Colorretal Metastático:


Em um grande grupo de pacientes com câncer colorretal metastático, o consumo de algumas xícaras de café por dia foi associado a uma sobrevida e a um menor risco de agravamento da doença, relataram pesquisadores do Dana-Farber Cancer Institute, afiliado a Harvard, em um novo relatório.


As descobertas, baseadas em dados de um grande estudo observacional, estão de acordo com pesquisas anteriores, que mostram uma conexão entre o consumo regular de café, e melhores resultados em pacientes com câncer colorretal não metastático.


O estudo foi publicado ontem (17/9) na plataforma científica JAMA Oncology.


Os pesquisadores descobriram que, em 1.171 pacientes tratados para câncer colorretal metastático, aqueles que relataram beber de duas a três xícaras de café por dia provavelmente viveriam mais tempo no geral (por estarem mais saudáveis), e tiveram menores chances de sua doença piorar, do que aqueles que não bebiam café.



Os participantes que beberam grandes quantidades de café - mais de quatro xícaras por dia - tiveram vantagens para a saúde ainda maiores. Os benefícios são válidos tanto para o café com cafeína quanto para o descafeinado.


As descobertas permitiram aos investigadores estabelecer uma associação, mas não uma relação de causa e efeito, entre o consumo de café e a redução do risco de progressão do câncer e morte entre os participantes do estudo.


Como resultado, o estudo não fornece fundamentos suficientes para recomendar, neste ponto, que pessoas com câncer colorretal avançado ou metastático comecem a beber café diariamente ou aumentem o consumo da bebida, dizem os pesquisadores.


“É sabido que vários compostos do café têm propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e outras que podem ser ativas contra o câncer”, disse Chen Yuan, da Dana-Farber, coautor do estudo.



“Estudos epidemiológicos descobriram que a maior ingestão de café estava associada a uma melhor sobrevida em pacientes com câncer de cólon em estágio 3, mas a relação entre o consumo de café e a sobrevida em pacientes com formas metastáticas da doença não era conhecida”. Afirma ele.


O novo estudo baseou-se em dados do estudo Alliance / SWOG 80405, um ensaio clínico de fase III comparando a adição dos medicamentos cetuximabe e / ou bevacizumabe à quimioterapia padrão em pacientes com câncer colorretal não tratado previamente, localmente avançado ou metastático.


Como parte da análise, os participantes relataram sua ingestão alimentar, incluindo o consumo de café, em um questionário no momento da inscrição.


Os pesquisadores então correlacionaram esses dados com informações sobre o curso do câncer após o tratamento.



“Embora seja prematuro recomendar uma alta ingestão de café como um tratamento potencial para o câncer colorretal, nosso estudo sugere que beber café não é prejudicial e pode ser potencialmente benéfico”, disse Kimmie Ng da Dana-Farber, autora sênior do estudo.


“Este estudo acrescenta ao grande corpo da literatura que apoia a importância da dieta e outros fatores modificáveis no tratamento de pacientes com câncer colorretal”, acrescenta Ng.


“Mais pesquisas são necessárias para determinar se há de fato uma conexão causal entre o consumo de café e melhores resultados em pacientes com câncer colorretal, e precisamente quais compostos do café são responsáveis por esse benefício.” Conclui ela.




Fonte:HarvardGazette

111 visualizações

(21) 2511-1101

©2019 por À Sua Saúde. Orgulhosamente criado com Wix.com