(21) 2511-1101

©2019 por À Sua Saúde. Orgulhosamente criado com Wix.com

Search
  • À Sua Saúde

Atualização sobre o Novo Coronavírus, Part. 5:


O novo coronavírus (COVID-19) continua a se espalhar rapidamente, interrompendo eventos de grande porte e prejudicando a economia mundial.


O número global de mortos é superior a 2.800 e a doença fez sua primeira aparição preocupante na África subsaariana.


Mais de 83.000 casos da doença COVID-19 já foram confirmados em mais de 50 países.


Enquanto cerca de 36.000 dessas pessoas já se recuperaram, surtos de rápido crescimento na Coréia do Sul, Itália e Irã - junto com o primeiro caso confirmado na Nigéria - mostram que a batalha para conter o vírus ainda está em seus estágios iniciais.


As autoridades temem que a doença se espalhe amplamente em países com sistemas de saúde pública mais fracos, especificamente na África e na América Latina.



"Este vírus tem potencial pandêmico", alertou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor geral da Organização Mundial da Saúde, nessa última quinta-feira. "Na verdade, estamos em uma situação muito delicada em que o surto pode ir em qualquer direção, com base em como lidamos com isso".



COVID-19 no Brasil:



No Brasil, subiu para 132 o número de casos suspeitos de COVID-19 monitorados pelo Ministério da Saúde no Brasil.


Os dados foram repassados pelas Secretarias Estaduais de Saúde até esta quinta-feira (27) e demonstram o aumento da sensibilidade da vigilância da rede pública de saúde devido à inclusão de 15 países, além da China, que apresentam transmissão ativa do coronavírus. No total, 16 estados informaram ao Ministério da Saúde sobre os casos suspeitos.



Com esta mudança, os critérios para a definição de caso suspeito enquadram agora, as pessoas que apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar e tiveram passagem pela Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Japão, Singapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Tailândia, Vietnã e Camboja, além da China, nos últimos 14 dias.

Até o momento, 60 casos suspeitos de coronavírus já foram descartados em todo o Brasil, que permanece apenas com o registro de um caso confirmado da doença no estado de São Paulo.


Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.


Se inscreva no blog para acompanhar atualizações sobre o coronavírus!




Fonte:CBS/TheNewYorkTimes/Saude.Gov.

51 views